Blog Projeto Passarela

Será que realmente é necessário ter talento para trabalhar como ator?

Por Diego Duda

Estou nessa profissão de ator/professor de atores já faz muitos anos na minha vida. Em todo momento, quando me apresentava, eu sempre ouvia o mito do talento: “nossa, mas você é muito talentoso, tem que ter talento pra fazer o que você faz, né?”… de alguma maneira esse elogio me ofendia, afinal de contas, o meu trabalho tinha ficado bom não por conta do meu “talento”, mas porque eu tinha ralado, estudado, ensaiado e trabalhado muito pra que o resultado ficasse bom. Era como se a pessoa me elogiando achasse que meu trabalho era fácil, que não era nada, que era só eu fazer e pronto…

Já diz o ditado “quem vê close não vê corre”, e acho que se aplica bastante à profissão de artista, pois talento não é tudo. Não gosto desse conceito de talento que muita gente utiliza: esse que diz que só pode ser um bom artista quem nasceu com isso, quem tem o toque de Midas, quem é especial. Não senhor, qualquer um pode ser artista e trabalhar com isso, o que é necessário mesmo é estudar e se preparar bastante. Eu posso provar que qualquer pessoa que você acha que é talentosa, na verdade só estudou bastante pra isso.

Vamos pegar como exemplo um grande advogado. Você conhece um advogado extremamente competente no que ele faz, ganhou várias causas, dá palestras, ensina como se faz… aí você olha pra ele e diz “nossa, ele tem muito talento pra ser advogado”. Na verdade, você fala isso porque ele é muito competente no que ele faz, só que essa competência só existe porque ele ralou e estudou muito para chegar nesse patamar. Veja, o estudo é muito mais importante, é a base, é o que fez desse advogado o melhor que você conhece.

Com o trabalho do ator é exatamente a mesma coisa: aquele ator ou atriz que você diz que tem muito talento, não passa de uma pessoa que ralou demais para chegar no nível de qualidade artística que hoje vemos. Se um Selton Mello, uma Larissa Manoela ou uma Fernanda Torres são competentes no que fazem, é porque estudaram muito, praticaram sem parar e chegaram num nível admirável.

Então eu digo: você não tem talento, o que você tem é vontade de estar nessa profissão, gana, desejo, dedicação… tudo isso junto ao comprometimento de estudar e se desenvolver fatalmente vão te transformar num tremendo de um artista, e a “culpa” não é do talento, é do esforço, da dedicação e da prática.

Você concorda comigo? Comenta aqui embaixo… aproveita e dá uma lida nesse artigo que fiz falando sobre dicas de estudo de texto para atores. Valeu!