Blog Projeto Passarela

Voltar

Erros Comuns de Quem Está no Início da Carreira de Ator

Será que você também está cometendo estes erros clássicos dos atores iniciantes?

Por Diego Duda @profdiegoduda

Há um bom tempo dou aulas e preparo atores. Em minha história, tive a oportunidade de perceber erros bastante recorrentes em pessoas que estão começando na caminhada. Será que você está cometendo algum destes erros comuns de quem está no início da carreira de ator?

01 – TENTAR FAZER GRANDES INTERPRETAÇÕES E ESQUECER DO BÁSICO

Cansei de trabalhar com atores excessivamente dramáticos. É bastante comum ver o iniciante querendo mostrar trabalho e exagerando na carga de drama nos mais simples diálogos. A pessoa que está começando tem um desejo pela dramaticidade e uma vontade enorme de emocionar (e de se emocionar). Porém, precisamos lembrar que em muitos diálogos nossos personagens estão em situações cotidianas, básicas, sem qualquer carga emocional. Se o ator se preocupa em “jogar um drama” até nas falas do tipo “bom dia, me dá um café”, ele só vai conseguir fazer com que seu trabalho fique falso, exagerado e cafona. Aprenda que, para chegar a um grande momento dramático em um texto, existem vários pequenos momentos comuns que não carregam grandes cargas emocionais. O ator precisa saber fazer o comum para que o público consiga acreditar nele.

02 – SE PREOCUPAR DEMAIS COM O TEXTO DECORADO

Eu sei que é preciso decorar texto. Faz parte do trabalho do ator. No entanto, eu percebo que algumas pessoas acreditam que decorar texto é tudo o que um ator faz – e não é bem assim. O ator não é um decorador de texto, o ator é um artista que empresta seu corpo a uma personagem que não existe e faz com que a gente acredite que ela exista. Esse é o seu trabalho. Estar com o texto decorado exatamente como está escrito não é tão importante assim. Lembre-se: não é um concurso de quem decora melhor o texto. Então eu normalmente oriento meus alunos da seguinte forma: estude o texto, compreenda quem é a personagem, crie sua cena, imprima verdade no que você está fazendo, ache as emoções, os pensamentos e as ações do seu papel… Faça tudo isso se preocupando em seguir o caminho proposto pelo texto, mas sem se preocupar se está falando exatamente o que está escrito. Depois de sua cena e personagens criados, aí sim você consulta o texto escrito para fazer o acabamento e confirmar as falas.

03 – ACHAR QUE O TRABALHO DO ATOR É PASSAR EMOÇÕES E SENTIMENTOS

Esse é um dos erros mais comuns de quem está no início da carreira de ator, sem dúvida. É bastante comum o iniciante se dedicar à criação emocional do seu papel: “ah, aqui ele está muito triste, aqui ele está preocupado, aqui ele se sente amado”… Porém um ser humano não é um amontoado de sentimentos, somos muito mais que isso. É muito importante que o ator fique atento também no que o personagem está pensando enquanto conversa e no que ele está fazendo em cena, afinal, nós estamos sempre sentindo, pensando e fazendo alguma coisa (tudo isso está interligado). Quando o ator não se preocupa com o lado racional de sua personagem e não cria as devidas ações, sua criação fica oca e sem sentido.

04 – IGNORAR O PODER DA COMÉDIA

Não é de hoje que a comédia é vista como um gênero “menor”. Como um amigo meu, diz: “comédia não ganha Oscar”, e eu infelizmente percebo que ainda hoje o drama tem a fama de ser profundo e poético, enquanto a comédia tem fama de fútil e superficial. No entanto, os melhores atores que eu já conheci e com quem já trabalhei, são excepcionais comediantes. A comédia é um gênero que ajuda o ator a desenvolver sua inteligência, fortalecer o pensamento rápido e exercitar o poder da improvisação. Tudo bem se você gosta de drama, mas dedique parte de seus estudos à comédia, ela não é um gênero menor e vai te dar muita base para qualquer trabalho. Achar que não deve estudar a comédia simplesmente porque “não tem o dom do riso”, é um dos erros comuns de quem está no início da carreira de ator.

E você, comete (ou cometia) algum destes erros comuns de quem está no início da carreira de ator? Conhece outros para adicionar à esta lista? Comente aqui o que achou deste artigo e aproveite para ler estas dicas sobre como decorar texto.